Sessão especial nesta segunda comemora 62 anos de Brasília

Saiba mais

  • Veja a pauta completa

  • Fundação de Brasília: há 60 anos, país vivia clima de otimismo,modernidade e elegância

  • Aos 60, Brasília vive os desafios da pós-modernidade

  • Brasília, a capital que precisou de 150 anos para sair do papel


Os 62 anos de Brasília serão comemorados na segunda-feira (18), às 10h, em uma sessão especial semipresencial. A capital federal foi inaugurada pelo presidente Juscelino Kubitschek em 21 de abril de 1960. Os requerimentos para a sessão de homenagem foram apresentados pelos senadores Izalci Lucas (PSDB-DF) e Leila Barros (PDT-DF) e aprovados pelo Plenário em fevereiro. Em seus requerimentos, Izalci e Leila justificaram a importância da sessão especial. "Da interação de quatro escalas — a monumental, compreendida em todo o Eixo Monumental e que abriga a alma político-administrativa do país; a gregária, representada por todos os setores de convergência da população; a residencial, composta pela superquadras Sul e Norte; e a bucólica — nasceu uma cidade que, 'sendo monumental', é também cômoda, eficiente, acolhedora e íntima", louvou Izalci. "Para muito além de um projeto visionário, Brasília se transformou em uma cidade grande, a terceira mais populosa do país, com mais de 3 milhões de habitantes e uma área metropolitana que possui a quinta maior concentração populacional do país, com mais de 4,2 milhões de pessoas", explicou Leila, ao justificar a importância da realização da sessão.

Fonte: Agência Senado



foto: Arquivo Público do DF