top of page

Senado presta homenagem a memória do filho do Senador Flavio Arns, Osvaldo Arns Neto.


Foto: Waldemir Barreto/Senado



Na abertura da sessão plenária desta terça-feira (22), senadores fizeram um minuto de silêncio em homenagem Osvaldo Arns Neto, 48 anos, que morreu no domingo (20). Filho do senador Flávio Arns (PSB-PR), Osvaldo nasceu com esclerose tuberosa e enfrentava uma pneumonia.


Ao manifestar solidariedade a Flávio Arns e sua família, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que Osvaldo foi um exemplo de luta pela promoção dos direitos das pessoas com deficiência:


— Osvaldo e seus pais comprometeram-se profundamente com a batalha pela promoção dos direitos dessa parcela da população, colaborando ativamente com movimentos sociais dedicados a essa causa. Sua jornada foi um testemunho de como a força de vontade e o apoio da família podem transcender as limitações impostas pela vida — disse Pacheco.


Esclerose tuberosa

Esclerose tuberosa é uma doença degenerativa, causadora de tumores benignos e que pode afetar diversos órgãos, especialmente cérebro, coração, olhos, rins, pele e pulmões.

Fonte: Agência Senado

Σχόλια


bottom of page