Prefeitura de Petrópolis, no Rio de Janeiro decreta estado de calamidade pública após temporal

Em seis horas choveu mais que o esperado para o mês inteiro. A Defesa Civil e demais órgãos do governo atuam no atendimento às ocorrências.


A Prefeitura da cidade que fica localizada na Região Serrana do Rio, decretou estado de calamidade pública por conta do temporal que atingiu a cidade na tarde desta terça-feira (15), deixando um grande número de ocorrências e pelo menos 78 mortos até o momento.

Em seis horas, choveu mais do que o esperado para o mês inteiro. O índice de chuva chegou a 259 milímetros. A Defesa Civil informou que encontrou os corpos de uma mulher e de um homem nas ruas Buarque de Macedo e Souza Franco, após a redução do nível da água. O Corpo de Bombeiros confirmou, oficialmente, cinco mortes.

De acordo com o município, equipes dos hospitais foram reforçadas para o atendimento de vítimas. Além da Defesa Civil, agentes da COMDEP, de Serviços, Segurança e Ordem Pública, de Obras e de demais áreas do governo seguem no suporte as 95 ocorrências, registradas até as 22h.