Operação rural da PM cadastrou 925 propriedades, recuperou 20 veículos e prendeu 113 pessoas

O objetivo da operação foi intensificar o policiamento ostensivo em distritos e estradas rurais. Foram retiradas de circulação mais de quatro toneladas de drogas, 36 armas de fogo e 260 munições.



Foto: PMPR


A Operação Segurança Rural da Polícia Militar do Paraná (PMPR) reforçou o patrulhamento de 350 mil quilômetros de estradas no Interior de todo o Paraná. A ação, que ocorreu entre junho e outubro deste ano, também resultou no cadastramento de 925 propriedades no Programa Patrulha Rural Comunitária, no cumprimento de mandados de prisão e na apreensão de drogas e armamentos.


O objetivo da operação foi intensificar o policiamento ostensivo em distritos e estradas rurais. Além disso, a medida ajudou nas ações preventivas e repressivas por meio de patrulhamentos, bloqueios, visitas às propriedades e também atendeu outras demandas da segurança pública nestas localidades.


Durante os quatro meses de operação, as ações resultaram em dois adolescentes apreendidos e 113 adultos detidos, sendo 43 flagrantes, 65 cumprimentos de mandados de prisão e a localização de cinco foragidos da Justiça. Além disso, foram retiradas de circulação mais de quatro toneladas de drogas, 36 armas de fogo e 260 munições. As operações e abordagens policiais também colaboraram para a recuperação de 20 veículos.



Foto: PMPR


“Estamos empenhados em levar mais segurança e tranquilidade para as comunidades rurais, além de aproximar os moradores dos policiais militares que atuam na operação. Os resultados mostram que, dessa forma, conseguimos coibir crimes até nas regiões mais afastadas dos municípios”, afirmou o chefe da Coordenadoria de Patrulha Rural Comunitária, capitão Íncare Correa.


Além das patrulhas, a Coordenadoria de Patrulha Rural Comunitária também tem promovido reuniões em sindicatos rurais, cooperativas e conselhos municipais de segurança (CONSEGs) a fim de conscientizar e orientar a população rural sobre a importância da participação efetiva nas ações de segurança pública.

Neste período, foram feitas reuniões comunitárias com os sindicatos rurais de Assis Chateaubriand, Arapoti, Corbélia, Loanda, Medianeira, Nova Londrina, Palotina, Pato Branco, Ponta Grossa, Querência do Norte, Santa Cruz do Monte Castelo, São João do Caiuá, São Miguel do Iguaçu, Sertanópolis, Terra Roxa e Toledo.


Mais orientações podem ser encontradas na Cartilha Segurança Rural, que foi atualizada recentemente pela PMPR em parceria com a Federação da Agricultura do Estado do Paraná. Ela traz recomendações e formas de prevenção aos principais crimes que ocorrem no campo, bem como orienta proceder nessas situações.


Por: AEN