Macron propõe a Putin e Biden cúpula sobre Ucrânia, e ambos aceitam, diz governo francês

Presidente da França atua como mediador para evitar conflito na fronteira entre Rússia e Ucrânia

Os presidentes da França, Emmanuel Macron, e da Rússia, Vladimir Putin, conversaram durante uma hora na noite deste domingo (20), pela segunda vez no dia, para discutir a crise na Ucrânia, anunciou o Eliseu. Macron também conversou com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Segundo o governo francês, tanto Putin quanto Biden teriam aceitado uma cúpula entre ambos para buscar um consenso diplomático para tentar evitar um conflito armado no leste da Ucrânia.

Macron havia conversado com Putin por cerca de duas horas à tarde, no âmbito das discussões entre chefes de Estado sobre a questão a Ucrânia. À noite, o presidente francês conversou com Biden por cerca de 15 minutos. "Eles discutiram a diplomacia em curso e os esforços de dissuasão em resposta ao acúmulo militar da Rússia nas fronteiras da Ucrânia", descreveu comunicado publicado pela Casa Branca.

A cúpula só vai ocorrer se não houver invasão do Exército russo em território ucraniano.


SPUTNIK / KREMLIN VIA REUTERS - 07.02.2022