Lamborghini de R$ 629 mil do 'Rei do Bitcoin' vai a leilão nesta sexta em Curitiba

Veículo foi apreendido pela Polícia Federal depois de ação contra quadrilha que desviou R$ 1,5 bilhão por meio de fraudes financeiras.



Foto: DIVULGAÇÃO/ KRONBERG LEILÕES


A Lamborghini modelo Gallardo que pertencia ao “Rei do Bitcoin”, Claudio José de Oliveira, preso pela Operação Daemon, será leiloada nesta sexta-feira (22) em Curitiba. O veículo, avaliado em R$ 629 mil, foi apreendido pela Polícia Federal em uma ação contra uma quadrilha que desviou em fraudes mais de R$ 1,5 bilhão por meio de negociações com criptomoedas, as chamadas moedas virtuais.


Os recursos da venda da Lamborghini serão destinados aos prejudicados pelas ações dos investigados na Operação Daemon, que prendeu cinco pessoas em julho de 2021, entre elas Cláudio, apontado como o líder da quadrilha. Ele já havia sido condenado na Suíça por crimes de estelionato e falsificação de documentos.


Conforme apurado, Cláudio tinha ligação com várias corretoras de valores, que começaram a ser investigadas em 2019, após o proprietário de uma delas dar queixa à polícia alegando que tinha sido vítima de um ataque cibernético. Nele, os valores de todos os credores ficaram bloqueados.


Antes de ir a leilão, o carro foi usado como viatura da Polícia Federal por meses em exposições, eventos e ações pedagógicas de repressão ao crime organizado.



Publicidade: