Guaratuba teve o pior saldo do estado na geração de emprego pelo 2º mês seguido

Dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)


Guaratuba teve o pior saldo de empregos formais do estado pelo segundo mês seguido, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). No mês de março de 2022, Guaratuba registrou 254 admissões e 576 demissões, com saldo de -322 vagas. Em fevereiro, foram -226 empregos formais. O fim da temporada de verão é principal fator dos números negativos, já que muitos funcionários temporários são demitidos, o que explica também a situação da vizinha Matinhos, que teve o segundo pior saldo no mês, com -244. O Paraná fechou o primeiro trimestre do ano com a abertura de 56.225 vagas de emprego com carteira assinada, resultado que é o quinto melhor do País. Já o Brasil fechou março com a criação de 136.189 empregos formais. As cidades que mais geraram emprego entre janeiro e março foram Curitiba (17.321), Maringá (2.871), Cascavel (2.476), São José dos Pinhais (2.381), Toledo (2.136), Araucária (2.022), Londrina (1.738), Colombo (1.171), Foz do Iguaçu (1.050) e Guarapuava (972).


Fonte: Portal da Cidade Guaratuba



foto: divulgação