top of page

Governo instala estrutura de lazer e segurança em balneários da região Noroeste

Os turistas que aproveitam o calorão para se refrescar nas prainhas de água doce do Rio Paraná, na Costa Noroeste do Estado, contam estrutura completa de lazer e para a prática de esportes, além de reforço na segurança pública, com ampliação dos efetivos de guarda-vidas, incluindo civis e do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Polícia Civil. As ações fazem parte do Verão Maior Paraná e incluem, ainda, shows semanais com artistas locais.

Em uma parceria entre as secretarias estaduais do Turismo, do Esporte e da Cultura, os dois principais balneários da região – a prainha de Santa Rosa, em Porto Rico; e o Porto São José, em São Pedro do Paraná – contam com lounges cobertos, com bancos e puffs para descanso, chuveiros, redes, palco para recreação, quadras para a prática de vôlei, futevôlei, beach tennis, espaço para pintura facial e brincadeiras, além de 14 acadêmicos em cada local oferecer atividades aos turistas.

O secretário estadual do Turismo, Marcio Nunes, acompanhou neste sábado (6), na Praia de Santa Rosa, o lançamento oficial do Verão Maior em Porto Rico. As atividades, porém, estão presentes desde o fim do ano passado e seguem até 4 de fevereiro. 

Nunes destacou o crescimento das atividades turísticas no chamado Corredor das Águas, que compreende os municípios nas margens dos rios Paraná e Paranapanema, entre os estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Recebendo grandes empreendimentos, como hotéis, resorts e condomínios de luxo, os locais estão chamando a atenção dos veranistas, tanto das cidades paranaenses próximas, como de outros estados.

"O turismo ligado ao meio ambiente e à água é o que mais vem crescendo atualmente. E nós, no Paraná, temos um local maravilhoso, que é a Costa Noroeste, com rios maravilhosos, preservados, com águas de qualidade, limpas, transparentes e com uma temperatura muito agradável", ressaltou o secretário. "O turismo está crescendo muito nesta região, estamos investindo muito para fomentar essas atividades e para transformar esta costa em um local rico, bonito e agradável para receber as pessoas". 

ESTRUTURA – O prefeito de Porto Rico, Álvaro de Freitas Netto, salientou que a estrutura ajuda a chamar ainda mais a atenção para a cidade, que vê sua população, de pouco mais de 3 mil habitantes, crescer mais do que 10 vezes nos dias mais cheios da temporada. Para se ter ideia, 30 mil pessoas passaram a virada de ano na orla, sem contar as que festejaram nos condomínios e resorts.

"Antigamente, as pessoas que moravam aqui, inclusive eu, iam para o Litoral do Paraná ou de Santa Catarina. Mas de uns anos para cá isso se inverteu, começamos a valorizar as belezas da nossa natureza e agora tem muita gente que prefere vir para cá, gosta mais da praia de água doce do que da de água salgada", disse. "E agora temos essa participação do Governo do Estado. Jamais imaginaria que chegaríamos um dia com uma estrutura dessas".

Para a prefeita de São Pedro do Paraná, Neila Fernandes, o Verão Maior na Costa Noroeste superou todas as expectativas. "Toda a região está feliz com essa estrutura, todo mundo só elogia. Ter essas facilidades para receber os turistas ajuda a fomentar o comércio, que está indo muito bem com tantos turistas", disse. "Faz cerca de 20 anos que começamos a explorar o turismo por aqui. Ninguém acreditava no turismo e, de repente, nossa região virou o que virou, cada dia recebendo mais visitantes e mais investimentos'’

“O Governo do Estado olhou com muito carinho para essa região e investiu muito na estrutura para o Verão Maior. Não apenas os turistas, mas principalmente os moradores estão muito felizes com essa estrutura, porque ela ajuda a fomentar o comércio, as atividades turísticas, o alto movimento ajuda a melhorar a renda e a gerar empregos", destacou o chefe da regional da Secretaria de Estado do Esporte em Paranavaí, Elson Greb.

SEGURANÇA – Uma das principais ações do Verão Maior na Costa Noroeste é o reforço na segurança pública, para que os turistas aproveitem as prainhas com tranquilidade. A Polícia Militar do Paraná conta, desde dezembro, com efetivo fixo de 22 policiais e oito viaturas para atender a região. Dias de maior movimento, como fins de semana, Réveillon e no Carnaval, eles contam com um reforço ainda maior, com policiais vindos de Curitiba e de Maringá.

A corporação também conta com duas aeronaves à disposição para o patrulhamento das ilhas. "Até agora está tudo muito tranquilo, mesmo na Virada do Ano, quando tivemos uma grande movimentação de pessoas", explicou o tenente Lucas Faccin, que coordena a operação na Costa Noroeste. "Não tivemos nenhuma ocorrência relevante até agora. Nenhuma ocorrência de furto, roubo, nem mesmo de ameaça. Realmente este ano está muito tranquilo, acredito que justamente por esse reforço de policiamento. A gente está conseguindo coibir qualquer tipo de crime na nossa região".


BANHISTAS – Para atender os banhistas em Porto Rico, São Pedro do Paraná, Marilena e Terra Rica, o Corpo de Bombeiros conta com uma equipe de 56 guarda-vidas, sendo 39 civis treinados e os demais militares da corporação. São nove postos de guarda-vidas, nas barrancas e nas ilhas do Rio Paraná, além de cinco embarcações, moto aquática e o reforço da aeronave do Samu de Maringá caso haja necessidade de deslocamento de pessoas em estado grave.

"O trabalho aqui é um pouco diferente, porque é necessário ter as embarcações para que a gente consiga realizar esse trabalho. A moto aquática que fica em Porto Rico ajuda bastante na prevenção aquática e no rápido atendimento das vítimas", destacou o tenente Jean Carlos da Silva, oficial responsável pela operação Verão Maior na Costa Noroeste.

Os profissionais prestam orientações e demarcam as áreas de banho nas ilhas, para proteger os banhistas, tanto da correnteza, quanto do fluxo das embarcações. "A dinâmica do rio é diferente da do mar. Não temos a maré subindo e descendo, mas o nível do rio também se diferencia. A vazão do rio faz escavações na areia que modificam a estrutura de banho. Então às vezes o rio está raso, tranquilo, mas no outro dia não, e o banhista pode ser levado pela correnteza. Por isso o banhista deve sempre procure um local com guarda-vidas e ficar atento às nossas orientações".

DELEGACIA MÓVEL – Já a Polícia Civil conta com um posto em Porto Rico, que funciona como uma delegacia móvel, com delegados, investigadores e escrivães presentes diariamente no local para a confecção boletins de ocorrência (BOs), de medidas protetivas a mulheres vítimas de violência doméstica e outros atendimentos.

O efetivo empregado na região conta com 36 policiais civis, que até o dia 5 de janeiro foram responsáveis pela confecção de 80 BOs, efetuaram 13 prisões, instauraram 20 inquéritos e relataram outros 13 e expediram seis medidas protetivas e três termos circunstanciados.

VERÃO MAIOR PARANÁ – O Verão Maior Paraná reúne uma série de ações voltadas aos veranistas e moradores dos municípios do Litoral, além de Porto Rico e São Pedro do Paraná, no Noroeste. São atividades esportivas e de lazer que englobam aulas de ginástica, dança, caminhadas, recreação infantil, shows, torneios e competições nacionais e internacionais, programação inclusiva e educação ambiental. A agenda completa pode ser consultada no site: https: https://www.verao.pr.gov.br/


Fonte: Agência Estadual de notícias

bottom of page