top of page

Defesa Civil do Paraná manda caminhão com 150 colchões e cestas básicas para Guaratuba

A Defesa Civil do Paraná mandou um caminhão com 150 colchões, 150 cestas básicas e 450 kits de higiene (como escova de dente e sabonete), limpeza e dormitório (lençol, fronha, travesseiro e cobertor) para Guaratuba nesta quinta-feira (25). A ajuda vai auxiliar moradores afetados pelas chuvas incessantes desta semana.

Ao todo, 417 pessoas foram retiradas de suas casas e colocadas em locais seguros no Litoral, de acordo com o levantamento mais atualizado da Defesa Civil, que segue atendendo ocorrências nas cidades. Apenas em Guaratuba 60 pessoas foram encaminhadas para abrigos. A cidade também contabiliza 24 casas danificadas.

Os municípios de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná foram atingidos por volumes muito expressivos de chuvas nos últimos dias. Nesta quarta, os acumulados ultrapassaram 50 mm em todas as localidades: Guaratuba (96,8 mm), Matinhos (91,4 mm), Paranaguá (74,6 mm), Pontal do Paraná (70,6 mm) e Guaraqueçaba (67,8 mm). Na terça-feira choveu mais de 220 mm na estação de Guaratuba. A média histórica de todo o mês é de 385 mm.

O assessor de Comunicação da Defesa Civil, capitão Marcos Vidal, explica que este carregamento vai para Guaratuba, a cidade mais prejudicada e que cadastrou esta necessidade, mas outros municípios que se manifestarem também podem ser atendidos. 

Ele destaca que a atuação do Governo do Estado acontece em várias outras frentes. “Além das equipes que atendem localmente estas pessoas, temos pessoas mobilizadas para garantir a segurança, dar todo o suporte necessário. Há uma equipe acompanhando as ocorrências em Guaratuba e Matinhos, mas os demais municípios do Litoral também são acompanhados. Temos também um geólogo para fazer uma avaliação das áreas mais críticas”, destacou.

TREINAMENTO – No começo do mês, a Defesa Civil do Paraná fez um treinamento com representantes das defesas civis municipais das sete cidades do Litoral do Estado. Durante dois dias de capacitação em Paranaguá, os técnicos das prefeituras e de outros municípios convidados receberam instruções sobre os procedimentos relacionados a desastres naturais, que tendem a ser mais comuns durante o verão devido às fortes chuvas típicas desta época.

Os membros do órgão estadual explicaram de forma detalhada sobre como fazer a notificação, preencher a documentação e elaborar os laudos relacionados a desastres, e também sobre os decretos de situação de emergência. Foram abordados ainda temas como a criação e atualização dos Planos de Contingência e o processo de emissão de alertas.

ORIENTAÇÃO – A orientação é que moradores e veranistas fiquem atentos aos alertas emitidos pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, que tem monitorado a situação no Estado, recebendo as informações dos órgãos de meteorologia. Para ter acesso ao serviço, que é gratuito, basta enviar um SMS com o CEP da sua residência para o número 40199. Para mais informações e orientações, acesse o site da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil do Paraná.

O Corpo de Bombeiros também recomenda que as famílias que estiverem em áreas de risco de alagamento, especialmente com pessoas com dificuldade de locomoção, busquem abrigo com os bombeiros ou casas de familiares. As pessoas que precisarem de auxílio do Corpo de Bombeiros para deixar estes locais devem acionar a corporação pelo telefone 193.



Fonte: Agência Estadual de notícias

bottom of page