Curitiba – Passageiros ganham integração entre sete linhas de ônibus

A integração beneficiará passageiros de sete linhas de ônibus que transportam, juntas, 22 mil pessoas por dia


Com a obra da Cruz do Pilarzinho os usuários do transporte coletivo de Curitiba passam a contar, a partir desta sexta-feira (8/4), com uma integração temporal inédita entre o bairro Pilarzinho e vários terminais, como Cabral, Campina do Siqueira, Santa Felicidade e Santa Cândida.

A integração beneficiará passageiros de sete linhas de ônibus que transportam, juntas, 22 mil pessoas por dia – cerca de 543 mil por mês.

A conexão é uma reivindicação antiga da população, mas dependia da conclusão das obras na região da Cruz do Pilarzinho, que contou com alargamento de ruas, correção geométrica e novo calçamento. As intervenções aumentaram a segurança no trânsito e para os passageiros.

A obra concluída foi vistoriada na tarde desta sexta-feira (8/4) pelo prefeito Rafael Greca.

Localizada junto à Cruz do Pilarzinho, uma “estação” de integração, formada por dois conjuntos de três pontos cobertos – um de cada lado da via – permite a partir de agora a conexão temporal. Por ela, os passageiros podem trocar de linha, sem pagar uma nova passagem, usando o cartão-transporte, durante um determinado tempo.

“Com a integração temporal, as pessoas economizam tempo e dinheiro, podendo se conectar à Rede Integrada de Transporte (RIT) sem ter que pagar mais uma passagem e ainda aproiveitar o período para utilizar o comércio e os serviços da região. O transporte coletivo ganha em qualidade. Isso é uma cidade inteligente na prática”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo na cidade.

No local, a conexão pode ser feita entre as linhas convencionais 170 Bracatinga, 171 Primavera, 169 Jardim Kosmos e 166 Vila Nori e com as linhas circulares 020 Interbairros II (horário) e 021 Interbairros II (anti-horário). As linhas Interbairros II passam por 25 bairros da capital e cinco terminais – Campina do Siqueira, Cabral, Capão da Imbuia, Hauer e Capão Raso.

A linha alimentadora 924 Sta Felicidade/Sta Cândida, que tem ponto nas proximidades da Cruz do Pilarzinho, também fará parte da integração temporal com as demais.

O tempo de conexão é de 60 minutos para quem vai fazer a integração com os Interbairros II e de duas horas para quem vem pelas linhas circulares e vai integrar com as demais.



FOTO: DIVULGAÇÃO