Bolsonaro critica invasão de igreja em Curitiba e aciona ministérios para acompanhar o caso

Bolsonaro se pronunciou através das redes sociais a respeito da invasão da Igreja do Rosário, no Largo da Ordem em Curitiba durante protesto contra o racismo e a xenofobia, movimento liderado pelo Vereador Renato Freitas (PT) no sábado (7). O presidente afirmou que pediu aos ministérios da Justiça e Segurança e da Mulher, Família e Direitos Humanos para acompanhar o caso. "Pedi para acompanharem o caso, de modo a garantir que os responsáveis pela invasão respondam por seus atos e que práticas como essa não ganhem proporções maiores em nosso país", afirmou o presidente.