top of page

Índice de Confiança do Empresário do Comércio paranaense recua 3,4% em maio


Na variação anual, a queda é de 14,2%, o que demonstra a crescente redução no otimismo dos comerciantes


Foto: Reprodução


O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) paranaense, aferido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e a Federação do Comércio do Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), recuou 3,4% em maio na comparação com abril e marca 104 pontos. Desde dezembro de 2022 o índice registra quedas sucessivas. Na variação anual, a queda é de 14,2%, o que demonstra a crescente redução no otimismo dos comerciantes do estado.





Com 108,4 pontos na média nacional, os comerciantes brasileiros estão mais otimistas do que os paranaenses, mas a tendência de queda também se repete desde dezembro.

O fator que gera maior apreensão são as Condições Atuais do Empresário do Comércio (ICAEC), em que os empresários avaliam a situação atual sobre a economia, sobre o comércio e sobre as empresas. Em maio, esse quesito ficou em 77,8 pontos, uma retração equivalente a 7%.

Como 131,6 pontos, as Expectativas do Empresário do Comércio (IEEC) caíram 3,3% na variação mensal. Já o fator Investimentos do Empresário do Comércio (IIEC) marca 102,6 pontos, com baixa de 0,5%, sobretudo em relação à contratação de funcionários, elemento que caiu 4,9% de abril para maio.

As micro e pequenas empresas possuem a menor pontuação do indicador, com 103,7 pontos, e redução de 3,4% ante abril. Entre as empresas de médio e grande porte o ICEC marca 122,2 pontos e também houve queda na variação mensal, correspondente a 2,7%.




Karla Santin | Jornalista

Komentáře


bottom of page